Sistema 4BV aplicados em Veículos VW

Neste artigo são apresentados alguns detalhes do sistema de injeção 4BV fabricado pela Magneti Marelli e utilizado pela VW nos seguintes veículos

  • Gol 1. 0 8V gasolina
  • Kombi 1.4 Flex
  • Fox 1.0 gasolina
  • Fox 1.0 8 válvulas Flex
  • Fox 1.0 16 válvulas Flex

Apresentaremos dicas de defeitos além de citarmos várias EVOLUÇÕES DE CALIBRAÇÕES aplicados em veículos VW, auxiliando bastante na reparação de vários defeitos tais como:

  • Estouro no corpo de borboleta
  • Falha de aceleração
  • Melhora na partida a frio em carros Flex
  • Entre outros

Detalhes que às vezes só conhecemos quando sai uma nova calibração, mas não sabemos o motivo pela qual foram feitas estas correções. As mesmas são feitas conforme os problemas ocorrem em campo.

Uma grande dificuldade desses calibradores é que em nosso país temos uma variedade muito grande das condições climáticas, por exemplo: temperatura, pressão atmosférica e umidade do ar. Por exemplo, No Rio Grande do Sul temos temperaturas muito baixas e no Nordeste temos uma temperatura totalmente diferente do Sul.

Melhorias no Sistema

Começaremos a falar sobre o Fox flex 1.0 8 válvulas e 1.0 16v flex, que teve várias melhorias de calibração. Tivemos neste carro a primeira calibração identificada no Fox 10 8v Flex com sistema 4BV. BT identificada como calibração T113, depois evoluindo para T114, T115 e agora T116. Na linha Fox 1.0 16V sistema 4BV. ER também teve evolução de calibração de 1703 para 1704.

Já na Kombi houve evolução no sistema 4BV. KR, da calibração 3202 para 3203.

Dicas de defeitos nos sistema 4BV

1. Marcha lenta oscilando, alto consumo, motor grilando.

Percebe-se baixo rendimento alto consumo não apresenta código falha no scanner, percebemos em uma analise alguns parâmetros um pouco fora dos padrões tais como carga motor, avanço ignição, tempo injeção alterado. Verificar nestes casos se o veiculo foi removido cambio, verificando estado da roda fônica e sincronismo do anel da roda fônica.

2. Falha de ignição em 2 cilindros (parando também 2 bicos injetores)

 Neste caso medir pulsos na entrada da bobina. Se tiver somente um pulso, o módulo está com problema sendo necessários reparar o modulo e também substituir a bobina de ignição, sempre colocar bobina original neste veiculo.

3. Erro no sensor de fase acusado pelo Scanner

Tomar bastante cuidado, pois o erro poderá ser proveniente do sensor de rotação. 

Fonte: Jornal Mecabos News – Edição 01

Autor: André Bernardo – Design Mecânica